Emerson Sobral: o novo comandante da arbitragem pernambucana
Ex-árbitro de 43 anos pendurou o apito para assumir pasta indicada por Salmo Valentim na terra do frevo
Da redação
Atualizado em 27/07/2017 às 01h:25


PERNAMBUCO – A arbitragem do Estado de Pernambuco está com um novo comandante. Depois da inesperada saída de Salmo Valentim que deixou o cargo para cuidar de um projeto nacional, Emerson Sobral foi anunciado como o responsável por um dos setores mais complicados do futebol pernambucano: o COAF.

Embora como árbitro tenha tido uma carreira morna, Sobral fora de campo é uma figura muito respeitada, sobretudo pelos colegas de apito. Além de honesto e extremamente sério, o agora ex-árbitro da CBF vai precisar ter habilidade política para justificar a sua indicação.

Ao contrário do que geralmente ocorre em modificações no alto escalão da arbitragem, dessa vez não foi o Presidente da Federação ou algum clube que indicou o novo chefe do apito, mas sim, o antigo comandante. Prestigiado em seu estado e convicto de que Emerson Sobral é o melhor nome, Salmo Valentim saiu de cena deixando a sua pasta nas mãos de um novo dirigente que agora precisa sair do discurso e partir para a prática.

A arbitragem pernambucana cresceu de maneira incontestável nos últimos anos. Tudo isso em razão dos investimentos maciços feitos no segmento por Evandro Carvalho, Presidente da FPF. Embora saiba que formar e capacitar árbitro de ponta é uma tarefa árdua, Carvalho é paciente e parceiro dos árbitros, tanto que a capital mundial do frevo, passou ser também postulante a capital da arbitragem brasileira.

Com o poder nas mãos, ao lado de Erich Bandeira e Francisco Domingos, Emerson Sobral vai ter que arregaçar as mangas para trabalhar. Em Pernambuco a cobrança de uma maneira geral em cima do árbitro é grande, por isso o novo dirigente deverá começar a sua gestão ouvindo muito, falando pouco sem perder uma das principais características de seu antecessor que é a: transparência.

A arbitragem pernambucana é uma das mais confiáveis do país, basta agora que Emerson Sobral saia do mundo das maravilhas e encare a realidade que terá a partir de agora todos os dias pela frente com respeito ao quadro e critério em suas escolhas.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem




Deixe seu comentário
>> Nome:
>> E-mail:
>> Comentário:





Comentários

Ainda não há comentários para esta matéria. Seja o primeiro!

VOZ DO APITO
Todos os direitos reservados © 2008 - 2015