Uma incógnita com nome e sobrenome
Aos 34 anos e com um dos pés no quadro internacional, mato-grossense Wagner Reway precisa se firmar no Brasileirão
Da redação
Atualizado em 05/08/2015 às 21h55

MATO GROSSO – Nunca antes na história da arbitragem mato-grossense um árbitro teve tantas oportunidades como Wagner Reway. Embora tenha um porte atlético exuberante, tecnicamente ele não conseguiu responder favoravelmente as dezenas de oportunidades que a Comissão de Árbitros da CBF lhe deu. Mesmo assim, apontado como uma aposta pessoal de Sérgio Corrêa, o árbitro aspirante FIFA do centro-oeste brasileiro ainda pode mudar o jogo.

É bem verdade que na maioria das partidas em que atua problemas ocorrem. Isso pode ser justificado pela pressão que existe sob seu ombro com a chance claríssima que ele possui de chegar à FIFA. O estado do Mato Grosso geopoliticamente é fraco no futebol nacional e sem times na Série A graças a pouca atratividade financeira, revelar árbitros neste panorama não é uma tarefa fácil. Mesmo assim a Comissão de Arbitragem do estado faz o que pode procurando seguir o padrão sugerido pela CBF.

Mesmo aspirante FIFA, ao contrário do que ocorria em anos anteriores, Wagner Reway só apitou dois únicos jogos na Série A do Brasileirão nesta temporada. Esse é definitivamente um recado claro da CA/CBF que ao que tudo indica não anda satisfeita com suas últimas apresentações. Embora se comunique falando a língua inglesa, algo que o credenciou para participar de um curso na Europa, Reway precisa crescer dentro de campo da mesma forma que cresce e investe em sua carreira fora dele.

A maioria dos árbitros que compuseram o quadro de aspirantes FIFA com Wagner Reway já foram promovidos. Isso significa que eles, diferente do árbitro mato-grossense, conseguiram aproveitar as oportunidades e ao atenderem todos os pilares receberam a tão cobiçada insígnia da FIFA. Se continuar dessa forma, infelizmente por mais chances que lhe tenham dado é bem provável que esse seja mais um árbitro promissor que num futuro não muito distante virará estatística nos números intermináveis de seu maior incentivador.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem




Deixe seu comentário
>> Nome:
>> E-mail:
>> Comentário:





Comentários

Ainda não há comentários para esta matéria. Seja o primeiro!

VOZ DO APITO
Todos os direitos reservados © 2008 - 2015